quinta-feira, 3 de setembro de 2020

98ª Compra - BBDC3

 Investimento do mês: Bradesco ON


Adquiri 11 unidades a R$ 19,83 o exemplar.



Proventos recebidos em agosto:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução Patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):



Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos. Cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

A força vendedora predominou nos últimos dias do mês de agosto e abalou o desempenho da carteira. Fechei o mês com -5,34%. Como estou muito concentrado num único ativo, a tendência é que o desempenho da carteira fique atrelado a performance do Bradesco. 

Para diminuir a concentração, pretendo fazer novos aportes no Bradesco só no próximo ano. Mas não descarto algum aporte neste ano ainda se a cotação estiver abaixo dos R$ 20. 

No tocante ao recebimento de proventos, o mês de agosto costuma se generoso e este não foi diferente: recebi R$ 88,06. Porém este valor é inferior ao montante recebido em agosto do ano passado. Reflexo da contenção de caixa das empresas na pandemia.


Quanto ao racional da decisão da compra do mês no Bradesco, para quem me acompanha há mais tempo, sabe que tenho um objetivo de comprar 100 ações do Bradesco por ano. A meta é chegar em 2026 com 1.000 ações. 

Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês. 

Quero reforçar o convite para me acompanharem nas redes.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês. 


terça-feira, 4 de agosto de 2020

97ª Compra - BBDC3

Investimento do mês: Bradesco ON

Adquiri 11 unidades a R$ 19,40 o exemplar.


Proventos recebidos em julho:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução Patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):


Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! O mês de julho se foi e cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

O final do mês de julho teve predominância da força vendedora, contudo o desempenho fechou positivo: 5,78%.

No tocante ao recebimento de proventos, o meu caixa foi agraciado com os dividendos da Transmissão Paulista e o tradicional juro sobre o capital do Bradesco. 

E quanto ao aporte do mês, o racional do investimento é que estou focado no objetivo de alcançar 1.000 ações do BBDC3 até 2026. A proposta é comprar até 100 ações por ano, utilizando o benefício da bonificação. Com a compra do próximo mês praticamente alcanço as 400 ações que tinha como meta para este ano. Porém, conforme estiver a cotação nos próximos meses, cogito comprar além das 400 ações. Desta maneira, a quantidade de ações a comprar para o próximo ano ficaria menor. 

Fechando 2020 com 400 ações e caso o Bradesco mantenha a tradicional bonificação de 10% em novas ações aos acionistas no próximo ano, para fechar 2021 com 500 ações, eu precisaria comprar "apenas" 54 BBDC3. 

Caso alguém tenha interesse, no vídeo abaixo eu detalho melhor esta estratégia de comprar 100 ações por ano do Bradesco.


Ainda estou me adaptando a tecnologia, portanto peço a compreensão de vocês pela falta de prática e recursos limitados. 

Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês. 

segunda-feira, 6 de julho de 2020

96ª Compra - BBDC3

Investimento do mês: Bradesco ON

Adquiri 11 unidades a R$ 19,95 o exemplar.

Proventos recebidos em junho:



Composição da carteira:


Desempenho:

 

Pizza: 


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):



Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Mais um mês que se encerra e, para não perder o costume, vou lhes apresentar o desempenho do meu humilde projeto amador de investimento.

E este mês é especial: estou completando 8 anos de atividade deste desafio.


Frente a conquista alcançada (entendo como conquista pois o desempenho está abaixo do esperado eu sigo focado no projeto) estenderei as publicações deste projeto no YouTube e no Instagram (atendendo a sugestão do aleyeah). 

Como a visibilidade é maior por lá, penso que poderei agregar na vida das pessoas mostrando que é possível conquistar alguma renda com aportes humildes. Sintam-se convidados para me acompanhar por lá também.

Mas, passadas estas formalidades, vamos ao que interessa: no tocante ao desempenho da carteira, o mês de junho foi positivo: 6,19%. E, com essa alta, o patrimônio ficou acima dos 16k.

Com relação aos proventos recebidos, entraram apenas os juros sobre capital do Bradesco: R$ 5,34. 

Falando em Bradesco, comprei mais 11 ações e agora faltam 25 ações para alcançar a meta de 400 em 2020. Se a cotação não subir muito e entrarem alguns dividendos em julho, até agosto eu consigo alcançar o objetivo. Todavia, se não der em agosto, em setembro vai dar. 

Amigos, para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês.


segunda-feira, 1 de junho de 2020

95ª Compra - BBDC3

Investimento do mês: Bradesco ON

Adquiri 12 unidades a R$ 18,62 o exemplar.

Proventos recebidos em maio:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):


Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos. Maio findou e cá vamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

Contrariando as estatísticas, o mês de maio teve desempenho positivo: +6,60%.

O montante de dividendos recebidos importou em R$ 19,25 (Bradesco e Grendene).

E, no tocante a evolução patrimonial, fechei o mês em R$ 14.903,61.

Mês passado apresentei a minha estratégia para alcançar mil ações do Bradesco. A ideia é aproveitar as (possíveis) futuras bonificações de novas ações para atalhar o caminho.


Observem que a medida que os anos passam, o esforço para alcançar 100 ações por ano é cada vez menor. E se houver o reinvestimento dos dividendos, o esforço fica ainda mais suave.


Considerei o custo de aquisição de cada ação de R$ 25 e o dividendo por ação distribuído por ano de R$ 1. Não coloquei no cálculo o reinvestimento do dividendo neste ano pois o Banco Central proibiu os bancos de distribuírem dividendos esse ano.

Mas é interessante que com 600 ações, é necessário desembolso para comprar apenas 16 ações para fechar o ano com 700. O restante vem da bonificação (60 ações) e do reinvestimento dos dividendos (24 ações).

No ano seguinte, praticamente não é necessário desembolso para alcançar mais 100 ações. O montante da bonificação mais o reinvestimento importa em quase 800 ações (798).

E, seguindo a natureza dos juros compostos, nos anos seguintes a quantidade alcançada com a bonificação e o reinvestimento dos dividendos supera as 100 ações.

Importante: para que haja êxito na estratégia, o Bradesco tem de seguir bonificando os acionistas com novas ações todos os anos e o dividendo distribuído por ação tem de se manter acima de R$ 1.


Mesmo que o resultado deste ano seja prejudicado em virtude da pandemia, penso que nos próximos anos o resultado seguirá evoluindo. A imagem abaixo do twitter do @dicadehoje7 mostra um cenário otimista de evolução do provento do Bradesco nos próximos anos.


No twitter eles não explicaram o racional dessa estratégia, mas se isso se materializar, a minha renda passiva vai ter um bom incremento nos próximos anos.

Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês.

quinta-feira, 30 de abril de 2020

94ª Compra - BBDC3

Investimento do mês: Bradesco ON

Adquiri 143 unidades a R$ 18,62 o exemplar.
* Importante: montante adquirido com venda das VIVT3 + aporte mensal (20% do salário mínimo).

Proventos recebidos em abril:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):


Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Mais um mês que finda e cá estamos nós novamente para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

O desempenho de abril deu uma amenizada na forte perda do mês de março. O percentual ficou em +4,48%. O mês de abril foi o primeiro mês do ano que tive resultado positivo. No tocante ao patrimônio, fechei o mês com R$ 13.773,47.

Quantos aos dividendos recebidos, recebi o tradicional provento mensal do Bradesco e juros sobre capital da Transmissão Paulista.

Neste mês tive uma movimentação relevante na carteira: aumentei consideravelmente a posição em Bradesco. Vendi a minha posição em VIVT3 (umas das poucas com lucro) e comprei mais ações do BBDC3.

Entendo que fiquei ainda mais concentrado em um ativo só, porém penso que a cotação está bem interessante e o fator bonificação também foi determinante para tomada da decisão. E pretendo seguir os aportes enquanto a cotação seguir abaixo dos R$ 25.

A ideia é seguir os aportes em Bradesco para alcançar 400 ações até o final do ano e 1.000 ações até 2026. A proposta é adquirir 100 ações por ano. E, se o banco mantiver a política de bonificar os acionistas em 10% em novas ações, o esforço tende a ser cada vez menor no decorrer dos anos:


Estou consciente de que estarei cada vez mais concentrado numa empresa só e que, considerando o pior cenário, a estratégia pode dar um prejuízo considerável. Mas, tentando materializar este pior cenário, acho pouco provável que o Bradesco perca sua fatia de mercado e não esteja entre os maiores players do mercado nos próximos anos. Mas seguirei alerta e se os balanços vierem ruins eu mudo a posição ou diminuo o peso.

Para este mês era isso que queria compartilhar com vocês.

Abraços efusivos, bons investimentos e até a próximo mês.

terça-feira, 31 de março de 2020

93ª Compra - BBDC3

Investimento do mês: Bradesco ON

Adquiri 9 unidades a R$ 24,00 o exemplar.

Proventos recebidos em março:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):


Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

E como era de se esperar, a minha carteira despencou junto com a bolsa. Em janeiro flertei com os 19k e agora entro em abril de volta aos 12k. O desempenho ficou em -21,77%.

Acredito que este momento está sendo bem desafiante para quem nunca teve nenhum tipo de experiência com renda variável e entrou na bolsa recentemente. Para quem não está acostumado, é desconfortável ver o patrimônio desvalorizar dessa maneira.

Confesso que a minha aflição é não ter caixa suficiente para comprar as empresas nestas promoções. Claro, nada impede que essas cotações baixas fiquem ainda mais baixas, mas na minha humilde opinião os preços estão muito interessantes.

Para quem tem horizonte de longo prazo esses momentos são interessantes. Sei que parece meio insano investir no meio desse mar de notícias ruins, mas a história mostra que nunca se compra bolsa barata em momentos de euforia.

Para aproveitar essa oportunidade, optei por zerar a minha posição em VIVT3 (uma das únicas que está no lucro) para posicionar em Bradesco. Sim, sei que estou bem concentrado, todavia, assim que a cotação do banco recuperar o patamar acima dos R$ 30 pretendo diminuir a posição e alocar em uma empresa de outro setor.

E vocês? O que estão comprando?

Para este mês era isso que tinha para compartilhar com vocês.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês.


segunda-feira, 2 de março de 2020

92ª Compra - TRPL3

Investimento do mês: Transmissão Paulista ON

Adquiri 8 unidades a R$ 28,19 o exemplar.

Proventos recebidos em fevereiro:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução Patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):


Histórico de proventos recebidos (anual):

 

Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Viramos o mês, e como de costume, vamos para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimento.

E o mês de fevereiro foi sangrento: desempenho de -12,69%. Com esta pressão vendedora meu patrimônio voltou abaixo dos 17k e fechamos o mês com R$ 16.377,91.

No tocante aos proventos recebidos, o Bradesco agraciou os acionistas com mais uns centavos (0,06 por ação). E a Klabin também pagou umas unidades monetárias.

Estava com planos de fazer mais alguns aportes em Klabin e Transmissão Paulista mas essa queda generalizada mudou os planos. Sei que estou muito concentrado em Bradesco, mas o desconto, o anúncio da bonificação e a manutenção do valor do dividendo mensal me instigam a reforçar a posição.

Ainda não formei a opinião, mas possivelmente vai ser o destino do aporte do mês de março.

E vocês? Com esta queda violenta da bolsa, quais empresas estão em seus radares? O que estão comprando?

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês!