quinta-feira, 4 de março de 2021

104ª Compra - TUPY3

 Investimento do mês: Tupy ON


Adquiri 20 unidades a R$ 21,45 o exemplar. 



Proventos recebidos em fevereiro:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal) e aporte:


Histórico de proventos recebidos e a receber (anual):



Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! O mês de fevereiro se foi e cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos. 

Assim como janeiro, fevereiro pedalou, pedalou e escapou a correia da bicicleta. O meu desempenho ficou em -3,64% e eu retornei abaixo do patamar dos 20k. O lado positivo disto é que as oportunidades voltaram e a probabilidade de eu alcançar a minha meta proposta no início do ano aumenta. 

Sei que ela é ousada mas gostaria de encerrar 2021 com 200 ABEV3, 500 BBDC3, 100 TRPL3 e 100 TUPY3.
 

Farei 10 aportes de R$ 220 no decorrer do ano. Isso importa num montante de R$ 2.200. Faltaria mais de R$ 500 para alcançar a meta. Até o momento, tenho provisionado mais de R$ 200 de dividendos. Ainda faltaria R$ 300. Acredito que recebo mais uns R$ 200 (no mínimo) até o final do ano. Então, se as cotações se mantiverem nos patamares atuais, eu penso que, se não conseguir alcançar o objetivo na plenitude, não vai faltar muito para chegar lá. 

Contudo, caso as cotações se valorizem além do esperado, a evolução patrimonial vai chegar a patamares nunca alcançados. Essa é uma das grandes vantagens de focar em longo prazo: tem como ficar feliz em todos os cenários. É só incorporar a filosofia de sócio que mais cedo ou mais tarde o resultado vai vir. 

Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês.

Aproveito para convidá-los para me acompanharem no YouTube e no Instagram.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

103ª Compra - ABEV3

 Investimento do mês: Ambev ON


Adquiri 18 unidades a R$ 15,51 o exemplar.



Proventos recebidos em janeiro:



Composição da carteira:


Desempenho:



Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal) e aporte:


Histórico de proventos recebidos e a receber (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos. Concluímos 1/12 do ano e, como de costume, cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

Janeiro se foi e levou a minha rentabilidade, o desempenho do mês foi de -5,27%. O resultado é desconfortável mas é compreensível: novembro e dezembro subiu com muita força e agora tem gente colocando o lucro no bolso. 

Todavia, apesar da desvalorização consegui virar o mês acima dos 20k (R$ 20.044,79).

No tocante aos proventos recebidos, para a minha satisfação, pela segunda vez superei o patamar dos R$ 200 de dividendos em um mês. Boa parte desse rendimento veio do Bradesco (minha maior posição).  

Falando em Bradesco, há pouco vi um fato relevante anunciando a assembleia que propõe bonificação de 10% em novas ações.


Para quem é novo por aqui, um dos meus objetivos é acumular 100 ações por ano do Bradesco utilizando o benefício da bonificação de ações. Com as 409 ações que tenho, preciso de comprar "apenas" 50 ações para fechar o ano com 500 ações. A diferença que falta vai vir das novas ações que o BBDC3 vai bonificar. 

E por mais que haja o desconto de 10% na cotação eu considero isso uma oportunidade. Considerando o preço de hoje, com a bonificação a cotação deve vir abaixo dos R$ 20. E com a cotação nestes patamares eu consigo comprar (no mínimo) 10 ações por mês. Como o planejado é alcançar 50 ações, em 5 meses o objetivo estará alcançado. 

Abaixo eu falo mais sobre a minha estratégia de alcançar 1.000 BBDC3.


Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês.

Reforço o convite para me acompanharem no YouTube e Instagram.

Abraços efusivos, bons investimentos e até o mês que vem!

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

102ª Compra - ABEV3

 Investimento do mês: Ambev ON


Adquiri 16 unidades a R$ 15,69 o exemplar.



Proventos recebidos em dezembro:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal) e aporte:


Histórico de proventos recebidos e a receber (anual):




Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Como de costume, viramos o mês e cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos. 

E vamos ao momento retrospectiva de 2020, mais precisamente em janeiro quando fiz a seguinte projeção: "No tocante ao esperado para o final de 2020, considerando o momento 'gravidade para cima' da bolsa, imagino até o final de dezembro o patrimônio esteja superior a 25k. Quanto ao total de dividendos recebidos para 2020, penso que o valor alcançado em 2019 será superado." 

Mal sabia eu o estrago que a pandemia causaria no mundo. O embasamento da minha previsão se alicerçou nas projeções dos analistas que estimavam a bolsa nos patamares dos 150 mil pontos. E com relação a expectativa dos dividendos recebidos em 2020, o total alcançado ficou abaixo da metade de 2019. 

O exercício de planejar e checar o que foi realizado desenvolve a habilidade de ser mais compreensível consigo mesmo. Ao invés de ficar frustrado com a projeção longe do objetivo esperado, depois de verificar o racional da análise, entendi que foi algo sistêmico que não estava na radar de ninguém. 

Estimar resultados futuros em renda variável é muito ousado, pois são muito fatores que não dependem das nossas forças. E até os profissionais da indústria de investimentos (com todas aquelas certificações dificílimas de conquistar) erram com relativa frequência.

Mas nada impede de divagar algumas cifras: fechei 2020 com o patrimônio de R$ 20.940,37. Considerando os 12 aportes de R$ 220 (R$ 2.640,00) mais os dividendos (acredito alcanço a cifra de uns R$ 500 - no mínimo) estimo fechar 2021 com patrimônio nos patamares dos 24k. 

Seguindo as divagações, no tocante a quantidade de ações espero chegar em dezembro com:
200 ABEV3 (faltam 45 ações)
454 BBDC3 (faltam 45 ações)
100 TRPL3 (faltam 32 ações)
100 TUPY3 (faltam 39 ações)

Entendo que se a força compradora seguir forte a maioria destes números não serão alcançados. Mas nada impede que eu ajuste os aportes para alguma outra empresa que esteja mais descontada caso as cotações destas empresas citadas acima subam muito. 

Veremos como ficará o resultado em dezembro. Acredito que, ou eu chego lá com o patrimônio próximo dos 25k ou eu consigo alcançar essas quantidades de ações na custódia. Mas os dois eu penso que não há possibilidade de realizar. E se puder escolher, prefiro comprar mais ações do que ter valorização patrimonial. 

Para este mês era isto que gostaria de compartilhar com vocês. 

Quero reforçar o convite para me acompanharem  nas redes. 

 Instagram https://www.instagram.com/investidormiserave/


 YouTube https://www.youtube.com/channel/UCYxoSK4FgwhC86XQcv6nsAw/featured


Abraços efusivos, bons investimentos, próspero 2021 e até o próximo mês.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

101ª Compra - TRPL3

 Investimento do mês: Transmissão Paulista ON


Adquiri 8 unidades a R$ 26 o exemplar.



Proventos recebidos em novembro:



Composição da carteira: 

Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal) x aporte:


Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Mais um mês que se foi e cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos.

Começamos pelo desempenho: +14,46%. A bolsa teve bastante força compradora no mês de novembro. Pelo que li, um dos motivos da alta é o capital estrangeiro que entrou com força aqui. Parece que o Biden sinalizou que não vai ser tão pró mercado quanto o Trump e o investidor de lá está migrando a grana para os países emergentes. Com este fluxo comprador, virei o mês acima dos 19k (novo recorde do projeto).

No tocante ao recebimento de dividendos, recebi R$ 6 do Bradesco e mais R$ 35,50 da Transmissão Paulista. Aproveitei o "incentivo" do pagamento de provento e direcionei o aporte do mês na TRPL3. Para quem critica a estratégia de comprar a ação para receber os dividendos, aí está uma situação que contrapõe os céticos: paguei R$ 26 por cada ação, recebi R$ 0,52 por ação e hoje a ação está acima dos R$ 27. 

Como o dividendo desconta do preço da ação, muita gente se desmotiva ao usar a estratégia de acumular ações com foco no recebimento do provento. Porém, o que muitos não percebem é que este desconto que ocorre acaba proporcionando um incentivo para quem fizer o novo aporte. E isso é muito favorável para quem foca no longo prazo. 

No meu caso isso não representa tanto (por enquanto) por investir cifras mais humildes, mas para quem tem um patrimônio maior e horizonte de 10, 15, 20 anos esse percentual mais baixo para acumular potencializa o efeito da bola de neve na fase de acumulação. Qualquer desconto que haja na cotação possibilita a compra de mais ações. 

Mas infelizmente a maioria das pessoas procura bolsa com foco em especulação e retornos imediatos. Eu penso que não é errado especular, desde que haja um bom gerenciamento de risco. Mas nem sempre isso acontece. E as estatísticas comprovam que a maioria (97%) que focam no daytrade, têm prejuízo. 


https://exame.com/mercados/day-trade-e-cassino-muito-mais-sorte-do-que-tecnica-diz-pesquisador/

Não estou subestimando a capacidade de quem opera esta estratégia ou está cogitando colocá-la em prática, só penso que esse estudo deveria ser levado em consideração antes de tirar o projeto do papel. 

Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês. 

Quero reforçar o convite para me acompanharem nas redes.

 Instagram https://www.instagram.com/investidormiserave/

 YouTube https://www.youtube.com/channel/UCYxoSK4FgwhC86XQcv6nsAw/featured


Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês. 



 


segunda-feira, 2 de novembro de 2020

100ª Compra - BBDC3

 Investimento do mês: Bradesco ON

Adquiri 12 unidades a R$ 17,92 o exemplar. 


Proventos recebidos em outubro:


Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:



Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal) x aporte:


Histórico de proventos recebidos (anual):


Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! O mês de outubro findou e cá estamos nós para mais uma atualização deste humilde projeto amador de investimentos. 

Antes de começar a compartilhar os números de outubro, gostaria de formalizar que este post é especial: 100ª compra! Posso não ter o melhor desempenho da blogsfera, mas modéstia a parte, no quesito persistência e disciplina suponho que esteja no top 10 dos blogueiros financeiros. 

Comecei em 2012 sem muitas pretensões e hoje tenho um relacionamento legal com muitas pessoas que nunca vi pessoalmente mas sei que me acompanham há anos. Fico muito feliz pelo número alcançado e pelas mensagens que recebo. Mesmo sem ter um desempenho satisfatório recebo alguns relatos de pessoas que começaram a investir por causa do meu projeto. E isso é muito gratificante ser referência de inspiração para as pessoas tirarem seus projetos dos papel. 

Formalidades à parte, vamos ao que interessa: no final do mês de outubro a pressão vendedora foi superior e fechei o mês com desempenho negativo de -0,04%. Como o resultado foi praticamente estável o patrimônio se manteve acima dos 16k (R$ 16.402,93).

Sobre os dividendos recebidos no mês, recebi R$ 5,82 referente os juros sobre capital que o Bradesco paga mensalmente.

No tocante ao racional da compra do mês, a escolha do Bradesco é devido ao meu objetivo de alcançar 1.000 BBDC3 até 2026 (comprando 100 ações por ano). Alcancei o objetivo de 2020 com 409 ações. Se o histórico se mantiver e o Bradesco bonificar os acionistas em 10% com novas ações, em 2021 precisarei comprar "apenas" 50 ações para fechar 2021 com 500 ações em custódia. 

Caso a cotação fiquei abaixo dos R$ 20 eu consigo comprar as 50 ações em até 5 meses. Os demais meses eu posicionarei em outras empresas para diminuir o peso da carteira (BBDC3 hoje é quase metade da minha posição). 

Sem mais delongas, para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês.

Sintam-se convidados para me acompanhar no Instagram e YouTube.

https://www.instagram.com/investidormiserave/

https://www.youtube.com/channel/UCYxoSK4FgwhC86XQcv6nsAw

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês!

segunda-feira, 5 de outubro de 2020

99ª Compra - TUPY3

 Investimento do mês: Tupy ON

Adquiri 18 unidades a R$ 16,60 o exemplar.


Proventos recebidos em setembro:



Composição da carteira:


Desempenho:


Pizza:


Evolução patrimonial:


Histórico de proventos recebidos (mensal):



Histórico de proventos recebidos (anual):



Bom dia, boa tarde, boa noite, estimados amigos! Atrasadamente vamos para mais uma atualização desde humilde projeto amador de investimentos. 

E, assim como agosto, o mês de setembro não vai deixar saudades. Pelo menos no tocante ao desempenho das ações. Os efeitos da pandemia e as adversidades de  Brasília seguem ancorando a retomada da economia e a bolsa está precificando este cenário desafiador que se avizinha. 

Com isso o desempenho no mês ficou em -2,87%. Os proventos recebidos foram aqueles trocados que o Bradesco paga mensalmente: R$ 5,82.

Para fazer frente a este cenário estou aos poucos montando posição em empresas com receita em dólar. Tenho uma posição pequena em Klabin e neste mês aumentei a posição em Tupy. O mais adequado seria se posicionar nestas empresas num momento em que a moeda americana não estivesse tão apreciada como está hoje (para conseguir uma margem de segurança melhor). Contudo, a Tupy está com um P/VPA de 1,09 (paguei R$ 16,60 e o VPA está em R$ 16,44). 

Ela chegou a pagar R$ 1,50 por ação de dividendos em 2017, sobretudo ela fez uma aquisição relevante recentemente e o caixa pode ficar comprometido para cobrir este investimento nos próximos resultados. 


Além do objetivo de fechar 2021 com 500 ações do Bradesco (caso ocorra a bonificação), espero fechar o ano que vem com 100 ações da TUPY3 também. Tenho 61 ações. Faltariam 39 para alcançar o objetivo. 


Acima a evolução da minha renda passiva. Mesmo que sejam cifras humilde e que este ano os dividendos estejam comprometidos, os rendimentos seguem evoluindo. Claro, 2020 e 2021 devem distorcer os números, mas não tem como negar que estou progredindo ano a ano. 


Durante o período investido, em 4 meses eu superei o patamar do R$ 100 de renda passiva. Acredito que, se não fosse a pandemia, este ano teriam mais alguns meses que superariam esta cifra. 

E o mais agradável é que houve um mês que o valor que ingressou no caixa superou o valor aportado. Foi uma situação atípica (distribuição de um dividendo intercalar do Bradesco - eles zeraram a reserva de lucros) mas considero isto uma conquista. 

Eu penso que com estas ações que sigo comprando e os dividendos reinvestidos, em breve (ou não tão breve assim) superarei este patamar e um novo recorde será alcançado. Quem quiser saber quando isso vai acontecer, sinta-se convidado para me acompanhar por aqui no blog, no Instagram ou no YouTube. 

Para este mês era isso que gostaria de compartilhar com vocês. 

Abraços efusivos, bons investimentos e até o próximo mês (100º post)!